http://picasion.com/
http://picasion.com/

Radio

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Como se preparar para o Enem 2012

São dois dias de prova, compostas de quatro testes de 180 questões no total e uma redação. Pesado? Esse é o perfil atual do Enem, passaporte de muitos jovens para a universidade. O exame se aproxima e uma turma fala à TeenAge como está a preparação.

Raiana Alves passou no vestibular graças ao Enem. Ela compartilha a experiência e dá dicas para quem vai fazer a prova pela primeira vez fotos: lucas de menezes.

Enquanto a estudante Lorenna Leal, 16, está hiper ansiosa com sua primeira experiência no Enem, o amigo Rodrigo Braga, 17, se mostra mais tranquilo. O rapaz já encarou o teste ano passado e, mesmo "não sendo para valer", já teve a chance de tentar administrar o tempo de resolução dos testes e aprender o segredo para resolver 90 questões em 4h30min. No segundo dia de prova são 5h30, por conta do acréscimo dado para a elaboração da Redação.

O rapaz, que pretende cursar Engenharia Civil, defende que o segredo de tudo é "manter a calma". "Não adianta expectativa demais. É preciso ficar tranquilo e, antes da prova, ´dar o gás´ nos estudos", garante.

E "dar o gás" significa renunciar a alguns programas com amigos, shows e até viagens, para mergulhar de cabeça nos livros, apostilas, resumos, cadernos..., enfim!

"Normalmente eu estudo quatro horas à tarde e mais três horas à noite, fora os dias que tenho aulas no período noturno. Os alunos que desejam ingressar nos cursos mais concorridos precisam ter disciplina e se adaptar a uma rotina de estudos pesada", ensina Rodrigo.

Lorenna concorda com o companheiro de turma, ainda mais porque está se preparando para realizar o seu sonho de fazer faculdade de Medicina. "Confesso que estou bastante ansiosa, afinal, é uma decisão de vida que está em jogo. O ano de pré-vestibular certamente não é fácil. É um período de muitas renúncias e escolhas decisivas. Você tem que se dedicar bastante, se preparar para enfrentar a concorrência, ter muito pulso para aguentar a pressão da família, do colégio e de todos à sua volta que cobram um bom resultado. Mas acho que o Enem é uma iniciativa interessante", observa a jovem.

Os amigos Lorenna Leal e Rodrigo Braga estão tentando manter a calma e dar o máximo nos estudosO professor de Química Maikell Victor, 34, tem 16 anos de experiência no ensino Pré-Vestibular e concorda com Lorenna quanto à importância da parte psicológica para enfrentar o Enem.

Para ele, a família deve se envolver com os interesses e angústias do jovem que está em ano de preparação para entrar na universidade. E alerta: pressão demais só prejudica (veja box ao lado).

Fora que, às vezes, o próprio estudante é quem se cobra demais, o que é uma tortura! "Sempre digo aos meus alunos: vocês precisam ter consciência de que ninguém sabe de tudo e de que nem precisa saber de tudo para passar", acrescenta o professor.
Leia mais no Diário do Nordeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário