http://picasion.com/
http://picasion.com/

Radio

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Apelo popular. Eunício vota pelo fim das doações privadas em campanhas eleitorais

O Senado aprovou, na votação da Reforma Política, importante iniciativa para equalizar e dar transparência às disputas eleitorais. Por 36 votos favoráveis e 31 contrários, o plenário pôs fim às doações de empresas privadas e demais pessoas jurídicas aos partidos e candidatos. Defensor de mudanças no atual sistema eleitoral o senador Eunício Oliveira (PMDB) votou pelo fim das doações privadas. “Os senadores ouviram o apelo popular que veio das ruas para moralizar a política brasileira”, afirmou.

De acordo com o peemedebista, a torcida agora é para que a Câmara dos Deputados confirme a votação no Senado e, assim, seja banida qualquer tipo de doação privada nas eleições. “Tal mudança auxilia o combate à corrupção, facilita a transparência nos gatos de campanha e proporciona mais equidade na disputa eleitoral, dando a todos os candidatos, do ponto de vista financeiro, mais igualdade”, analisa.


O peemedebista comemora ainda as mudanças nas regras das coligações partidárias e da fusão de partidos. Porém lamenta que a Reforma Política não tenha decretado o fim do suplente sem voto, regra que ele considera absurda. “Não concordo que um suplente assuma uma vaga no parlamento no lugar daquele que garantiu o segundo lugar nas votações, através do voto legítimo dos cidadãos”, observa. www.eunicio.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário