Radio

quinta-feira, 21 de março de 2019

Ex-presidente Michel Temer é preso pela lavajato

O ex-presidente Michel Temer é do mesmo partido do ex-deputado federal Danilo Forte (à esq.) e do atual prefeito de Solonópole José Webston Nogueira Pinheiro (á direita) atual MDB. Foto arquivo do Facebook do executivo.

ElPais - Polícia Federal cumpre um total de oito mandados de prisão preventiva e dois de custódia temporária.

Ordem de prisão contra o ex-presidente foi expedido pelo juiz Marcelo Bretas, que também pediu a prisão do ex-ministro Moreira Franco. Temer foi preso sob forte esquema de segurança. Na imagem, o momento em que o ex-presidente foi detido em sua casa, na zona oeste de São Paulo.

Michel Temer (MDB), ex-presidente da República (2016-2019), foi preso pela Operação Lava Jato na manhã desta quinta-feira, 21 de março, em sua residência, na zona oeste de São Paulo. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz federal Marcelo Bretas, responsável pela operação na 7ª Vara pelo Rio de Janeiro. Também foram presos o ex-ministro da Secretaria Geral da Presidência de Temer, Moreira Franco (MDB), e o Coronel Lima, homem de confiança do ex-presidente. A prisão tem relação com a operação Radioatividade, um desmembramento da Lava Jato, que apura o pagamento de propina nas obras de construção da Usina Nuclear de Angra 3. Michel Temer já havia sido denunciado em dezembro na Lava Jato, em um processo que corria no Supremo Tribunal Federal (STF), por lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva em um caso envolvendo o setor portuário de Santos. Ao deixar a Presidência em janeiro, o ex-presidente perdeu o direito ao foro privilegiado e seus processos foram remetidos à primeira instância. O emedebista tem ao menos outras cinco investigações abertas.

Michel Temer preso pela Lava Jato - O ex-presidente Michel Temer (MDB), em uma imagem de arquivo. Fonte: https://brasil.elpais.com/brasil/2019/03/21/politica/1553178069_072501.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário