Radio

sexta-feira, 24 de abril de 2020

Membro da família da primeira vitima de covid-19 em Solonópole comenta

O município de Solonópole divulgou a primeira morte de covid-19 neste mês de abril e que outros casos são suspeitos e já tem vários confirmados. Um jovem comentou sobre o coronavírus.

"Nós apresentamos sintomas e já testamos positivo Covid-19. Gostaria de informar que graças a Deus, apesar do óbito do meu avô nós estamos bem, apresentamos apenas um quadro leve e que se Deus quiser dentro de poucos dias, estaremos todos curados. Informar que a gente já tava de quarentena a partir dos primeiros sintomas do meu avô que a gente, inclusive nossas saídas, saímos por necessidade e usávamos máscara e Álcool em gel pensando em nos proteger, mais afinal estávamos protegendo a sociedade. E se Deus quiser isso vai passar o mais rápido possível e pedir que as pessoas fiquem calmas,  que apresentamos um quadro leve, como já disse, fique em casa, fique em casa que estamos bem, e se Deus quiser, logo logo isso passará. E vamos vencer tudo isso junto. O meu avô a gente não tem uma linha de tempo de como ele possa ter pego, o que nós sabemos é que apesar de nosso nível de isolamento, o inimigo é silencioso em muitas vezes, e as vezes a coisa tá sim automático e como meu avô tinha falecido ficado na casa de um filho em períodos e outros, pode ser nesse período que ele contraiu a doença, ele apresentou os sintomas e procurou cuidar em casa justamente com medo de levar ele ao hospital por, com medo justamente do coronavírus e, quando a gente levou infelizmente ele tava no quadro crítico e veio não resisti. Talvez se fosse levado antes teria dado certo. A gente não sabe, o que sabe é, que as pessoas devem ficar em casa, devem ficar calmas, tranquilas que em relação a gente e os outros infectados estamos em quarentena e vamos ficar assim até ficarmos curados. Temos contatos com poucas pessoas e com quem tivemos contatos foram os familiares e ambos de máscaras e álcool em gel e tudo. Então todas medidas de precaução desde os primeiros sintomas. O que eu quero pedir é que as pessoas realmente fique em casa e fiquem calmas. Porque apresentamos sintomas leves, meu avô veio a óbito, mais era uma pessoa que tinha hipertensão, é um senhor de idade, ele tinha diabetes, mas se Deus quiser vamos combater isso. Vamos superar isso e nem todos os quadros são graves, alguns quadros são leves como a maioria de todos nós estamos sentindo, então fiquem tranquilo e fique em casa. Caso alguém veja alguém da minha família na rua andando de moto ou carro. A gente vai estar de máscara e a gente vai tá se dirigindo ao hospital fazer um procedimento Clínico, fazer o exame, ver a saturação, nada Além disso. E observação, quando vamos ao hospital a gente já liga antes para o hospital se preparar para receber, vamos direto ao isolamento e faremos o procedimento necessário. Nós saímos daqui chega lá não é atendido na sala com todos não, é todo um procedimento de segurança tomado para evitar a disseminação do vírus".

Nenhum comentário:

Postar um comentário