http://picasion.com/
http://picasion.com/

Radio

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Dia do Servidor Público Aposentado: Programa do Governo do Estado promove atividades culturais e esportivas há 25 anos

O Programa de Ação Integrada para o Aposentado (PAI) oferece atividades como oficinas de artesanato, aulas de línguas estrangeiras, de informática, grupo de teatro, coral, grupo de flautas, dança de salão, ações de atenção básica à saúde, atividades físicas, entre outras.

Há 25 anos, o Governo do Estado oferece diversas atividades voltadas para aposentados através do Programa de Ação Integrada para o Aposentado (PAI). Nesta sexta-feira (17), Dia do Servidor Público Aposentado, vamos conhecer histórias de pessoas que tiveram suas rotinas mudadas por esse projeto, gerenciado pela Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Coordenadoria de Promoção da Qualidade de Vida do Aposentado (Copai). O programa oferece atividades como oficinas de artesanato, aulas de línguas estrangeiras, de informática, grupo de teatro, coral, grupo de flautas, dança de salão, ações de atenção básica à saúde, atividades físicas, entre outras.

A ex-costureira Palmira Sobral, de 95 anos, conta que não tinha mais motivação na vida, mas que isso mudou quando conheceu o PAI. "Eu perdi um filho e meu marido, fiquei com depressão. Minha filha me trouxe para cá, eu não queria vir. Eu só vivia dentro de casa, lavava, engomava, cozinhava. Quando cheguei aqui é que eu nasci de novo. Aqui conheci muitas amigas, estou aprendendo Informática. Eu nunca tinha mexido em um computador antes, hoje não sei tudo, mas aqui e acolá eu pergunto, as pessoas que ensinam aqui têm muita boa vontade. Eu nem falava mais, mas quando cheguei aqui, me desarmei", disse. 

A ex-artesã Maria da Conceição do Vale, de 78 anos, destaca as atividades de lazer proporcionadas pelo programa do Estado. "Eu tinha um esposo e eu era boba, toda casadinha, mas ele viajava muito, arrumou namorada, noiva, eu sofri muito. Ele me deixou com cinco filhos, a mais nova tinha dois anos e o mais velho tinha dez. Daí trabalhava dia e noite, com madeira, barro, pintava santo, para não faltar comida e estudo. A minha vida foi mudada em tudo aqui no PAI porque antes era uma mulher só de casa, de cuidar de quintal, de filho, de cachorro, não tinha nenhuma alegria. Aqui eu encontrei tudo de bom que eu precisava. Faço ginástica, computação, em tudo eu me meto, é de graça, é bom demais. Várias pessoas já passaram por aqui e só melhora mais. O nome não é à toa, o PAI é um pai mesmo", disse. 

E a convivência no PAI rendeu até namoro. Glaydson Martins, 81, perdeu a esposa há dois anos e, em busca de ocupação para a mente, lá conheceu Irene Aquino, de 70. "Aconteceu naturalmente a aproximação, durante a aula de informática, sem pressão por parte de nenhum dos dois. Eu cheguei aqui em 2010 sem acreditar muito. Eu trabalhava desde nova e não aguentava ficar sozinha sem nenhuma atividade. Vim para cá e para mim foi um bálsamo, é um trabalho maravilhoso, um pessoa muito comprometido. Aqui faço dança de salão, Tai Chi Chuan, o PAI é a nossa casa, é onde sentimos uma energia positiva pois todo mundo é alegre", conta Irene. Glaydson complementa: "Aqui faço alongamento, ginástica cerebral para a memória, é tudo maravilhoso, todo mundo é amigo. Tem aquele ditado que você só colhe o que se planta. Se você plantar maracujá você não vai colher banana. Assim, procuramos sempre ajudar ao próximo e temos esse retorno. E assim vamos caminhando". 

O programa - O PAI, como programa voltado para o desenvolvimento de ações socioeducativas e culturais para o aposentado/idoso, assume o empenho de minimizar de forma concreta os conflitos que norteiam a população economicamente ativa e a sênior. Ao promover essas atividades de maneira sistemática, prioriza a inclusão e a socialização dos aposentados, já que os cursos e atividades oferecidos estão formatados com o viés das políticas públicas para o envelhecimento ativo.
Quem está à frente do programa desde 2003 é Guirlanda Ponte, titular da Coordenadoria de Promoção da Qualidade de Vida do Aposentado (Copai), que explica que trouxe uma nova filosofia sobre a terceira idade. "O PAI surgiu nos começo dos anos 90 no sentido de agilizar no processo de aposentadoria e dar um suporte médico. Quando assumi, ele tinha só três atividades e seis funcionários. Mas eu queria tirar o idoso só da proteção social e dar uma nova visibilidade, fazer uma revolução da longevidade, como uma escola. Começamos a trazer de cada secretaria quem pudesse ajudar, com serviços, palestras. O idoso é avaliado, temos um olhar técnico, dosado pela afetividade. Nos ancoramos nessa filosofia e, dentro da comunidade acadêmica, o PAI é uma referência no Estado, pessoas vêm do exterior para saber mais sobre ele. Participamos de vários fóruns e fico muito feliz quando ouvimos sobre o PAI", disse.
A metodologia e o material didático utilizados pelos professores/facilitadores atendem às necessidades do público alvo com conteúdos relativos às técnicas de comunicação, inclusão digital e artes. O programa também é responsável pelo Projeto Integrado de Preparação para a Aposentadoria (PIPA), que tem, dentre outros objetivos, minimizar os impactos decorrentes da transição para uma nova fase da vida.

"Temos pessoas que se aposentaram e trabalham conosco, um contingente de pessoas que viveram para o trabalho. Eles se capacitaram, o Estado investiu tanto neles e vão para casa para fazer o quê? Eles querem voltar ao mercado. A remuneração é simbólica, mas a pessoa se sente útil. Até o ano passado, pelo menos 38 mil aposentados passaram pelo PAI. Temos plantão médico e psicológico, estamos implantando esse conceito de reinserção, de articulação, a satisfação é enorme. Já é um programa premiado, então, o Estado só tem a ganhar", explica Guirlanda.

Serviço
Programa de Ação Integrada para o Aposentado (PAI)

Local: Rua Oswaldo Cruz, 1500 – Aldeota
Tel: (85) 3101.1387 / (85) 3101.1386
E-mail: pai@seplag.ce.gov.br

Atividades Físicas

Alongamento
Chi Kung
Dança de Salão
Dança Livre
Dança Sênior
Lien Kong
Tai Chi Chuan

Atividades Integradas
Filosofia Contemporânea
Gerontromotricidade
Ginástica Cerebral
Memória Ativa
Neurolinguística
Vivencia Espiritual

Oficinas de Arte e Cultura
Coral
Grupo de Dança
Oficinas de Teatro
Teatro
Teclado

Atividades Especiais
Encontro de Socialização
Projeto Trocando de Mãos
Projeto Revendo Amigos

Cursos de Idiomas
Espanhol
Francês
Inglês
Italiano

Inclusão Digital

Informática Básica I, II, III

Atividades p/ Geração de Renda e Ocupação
Desenho Artístico
Feira de Artesanato
Pintura em tecido
Pintura em Tela

Eventos
Apresentações do Coral
Apresentações do Teatro
Festas e Celebrações
Comemorações da Semana do Idoso
Passeios

Ações de Atenção Básica à Saúde
Aferição de Pressão Arterial
Campanha de Vacinação
Plantão de Psicologia
Plantão de Saúde

Thiago Sampaio - Repórter / Célula de Reportagem
Fotos: Marcos Studart / Governo do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário