Radio

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

COMBATE A ASSALTOS Operação recolhe explosivos no CE


Cerca de 700 quilos de explosivos e acessórios utilizados para a detonação foram apreendidos numa operação conjunta realizada no Ceará pelo Exército Brasileiro e as secretarias estaduais de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e da Fazenda (Sefaz). A operação ocorreu de forma sigilosa entre os dias 6 e 9 últimos. O ´alvo´ das diligências foram empresas que, apesar de terem autorização legal para manusear, utilizar e transportar os explosivos, vinham cometendo irregularidades.

Todos os explosivos apreendidos durante a operação foram encaminhados para a Décima Região Militar, onde permanecerão em depósito FOTO: DIVULGAÇÃO /SSPDS

A ação do Exército e das duas secretarias estaduais teve o comando do delegado Andrade Júnior, diretor da Coordenadoria de Planejamento Operacional (Copol) da SSPDS. O objetivo foi impedir que os explosivos fossem desviados de sua destinação - utilização industrial - e fossem parar nas mãos de bandidos ligados a quadrilhas responsáveis por ataques a bancos.

Apreensão 

Entre o material apreendido pelos policiais e Exército estão 681,5 quilos de explosivos diversos, 1.930 metros de cordel detonante, 1.050 metros de estopim, 54 espoletas montadas, 242 espoletas, 33 retardos (artefato que garante detonações em tempos diferentes), além de 43 brinéis, que são dispositivos que dão início às explosões.

A operação abrangeu os seguintes Municípios cearenses, Itaitinga, Caucaia, Pacajus (todos na Região Metropolitana de Fortaleza), Redenção, Acarape, Juazeiro do Norte, Crateús, Sobral, Forquilha, Senador Pompeu, Morada Nova, Russas, Jaguaruana, Aracati e Quixeré. Uma pessoa foi detida pelas equipes da SSPDS em Morada Nova.

A operação foi determinada pelo secretário da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco José Bezerra Rodrigues, dentro das medidas deflagradas para impedir o alastramento das ações de ataques a bancos com o uso de explosivos.

Do começo do ano até hoje, ocorreram ataques a agências e postos bancários com explosão de caixa nas seguintes cidades, Solonópole, Madalena, Banabuiú, Itatira, Pentecoste, Apuiarés, Tamboril, Itarema, Milhã, General Sampaio, Fortaleza (Parangaba), Palhano, Alto Santo, Ibaretama e Umari.
Fonte: DN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário