Radio

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Para Eunício, PMDB é o partido da governabilidade

O PMDB é o partido da governabilidade e quer participar ativamente da formulação de políticas públicas do atual governo, que ajudou a eleger. Foi o que defendeu o líder da legenda no Senado, senador Eunício Oliveira (CE), durante café da manhã com o ex-presidente Lula, na manhã desta quinta-feira (26). 

De acordo com o cearense, a presidente Dilma “precisa ter alguém do PMDB ajudando a formular políticas públicas e não apenas participando administrativamente. O PMDB não é o partido que vive apenas atrás de cargos, como estamos acostumados a ouvir", disse o Senador.

Eunício defende mais diálogo entre o governo e o PMDB, sem deixar de fora os movimentos sociais organizados, para que medidas de incentivo à economia, à manutenção do emprego das conquistas sociais continuem sendo executadas e novas possam ser construídas.

“O presidente (Lula) está muito preocupado com o sentimento que está se criando nas ruas em relação à economia, preocupado com o crescimento do Brasil, preocupado com a manutenção de emprego, e preocupado com a relação política que precisamos melhorar”, acrescentou.

Para Eunício, a atual crise de ordem política e econômica, necessita, além de mais diálogo, de uma intervenção gerencial capaz de promover o reequilíbrio das contas públicas e a recuperação da capacidade de investimento, de forma que o país possa continuar a prosperar. Entretanto, observou que qualquer alteração não pode comprometer a geração de emprego, os direitos trabalhistas e obras fundamentais para o desenvolvimento. 

“Que se retome o controle sobre a inflação, mas não com o sacrifício de investimentos públicos fundamentais, como a Transnordestina e a transposição das águas do Rio São Francisco, por exemplo, fundamentais para o Ceará e para o Nordeste”,

Neste cenário, mais uma vez, o peemedebista alertou para que as soluções sejam negociadas com a sociedade, que diariamente vem alertando sobre suas principais demandas. 

“Que o governo federal busque uma solução concertada em negociação com o empresariado nacional, os sindicatos, as associações civis, os partidos políticos e o Congresso Nacional, a fim de que a nação construa uma retomada consciente, segura, duradoura e benéfica para a população e a democracia brasileiras”, comentou o Senador à imprensa, logo após a reunião.

Participaram do encontro com Lula o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), os senadores Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), Edison Lobão (PMDB-MA), Roberto Requião (PMDB-PR), Romero Jucá (PMDB-RO), Blairo Maggi (PR-MT), Delcídio do Amaral (PT-MS) e o ex-senador, José Sarney. Além dos diretores do Instituto Lula, Paulo Okamotto e Luiz Dulci.

Programa na TV

Nesta quinta-feira (26), 20h30, vai ao ar o programa eleitoral do PMDB em rede nacional de rádio e tv. Em 10 minutos de propaganda eleitoral, os principais líderes do partido mostrarão a importância das escolhas que apontaram o caminho a ser seguido pela legenda, fazendo referência as últimas eleições, além de temas que estão na agenda do Congresso, como a reforma política e a defesa da liberdade à informação. Em sua participação, Eunício dirá que é necessário mudar a forma de fazer política no País.  www.eunicio.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário