Radio

domingo, 1 de julho de 2012

Atrações Segura peão é marca do calendário de vaquejadas

Extensa programação está agendada a partir deste mês para ocorrer em diferentes regiões do Estado do Ceará.

Fortaleza. "Segura Peão", "valeu boi". Esses são os jargões que serão exaustivamente repetidos no calendário de vaquejadas que acontecem a partir deste mês em todo o Estado. Emoção, adrenalina e, claro, muita diversão farão parte da festa que se consagrou no coração das comunidades do Interior. Uma das principais vaquejadas na região jaguaribana é no Parque Martins, em Tabuleiro do Norte. Serão R$ 30 mil em prêmios e, como não poderia deixar de ser, muitas bandas de forró. A vaquejada chega à 16ª edição, com R$ 20 mil para a categoria profissional e R$ 10 mil para amador. Uma moto também estará entre as premiações.

Na categoria profissional, o prêmio para o primeiro lugar é de R$ 5 mil. E R$ 1,5 mil do segundo ao 11º. Na categoria amador, o prêmio é de R$ 1 mil do 1º ao 10º lugar.

O evento acontecerá nos dias 20, 21 e 22 de julho. A sexta-feira tem Toca do Vale, Nedis e Forró Pegue e Balance e o cantor Anízio Júnior; no sábado tem Solteirões do Forró, Banda Stylllus e Forró do Muído; no último dia, domingo, mulher não paga entrada e a animação é com "Jair Gama & Novo Esquema", além de Forró Bota Pra Moer e o sanfoneiro João Bandeira Júnior.

Mesmo onde não houver vaquejada é celebrada a vida de gado. No Município de Iracema, também no sertão jaguaribano, o mês de julho terá a Cavalgada a Nossa Senhora do Carmo, que reúne os amantes da pecuária.

Se depender da disposição dos pegadores de boi e do público, tem vaquejada no Sertão Central de janeiro a janeiro. O calendário esportivo festeiro passa por praticamente todos os Municípios da região. O último deles foi a XIV Grande Vaquejada de Solonópole, realizada de 11 a 13 de maio. O próximo parque "invadido" pelos vaqueiros será o Joaquim Vieira Lima, de 13 a 15 deste mês, na 26ª Vaquejada de Boa Viagem, com distribuição de mais de R$ 60 mil em prêmios. Em seguida, será a vez da 36ª Vaquejada de Mineirolândia, no Parque José Mineiro, de 27 a 29 próximos no Município de Pedra Branca. No mês seguinte, nos dias 12,13, e 14 de agosto, o Parque Manuel Zionor Pinheiro, recebe a XX Vaquejada de Milhã. Em setembro tem vaquejada em Quixeramobim e em outubro na cidade de Quixadá. As datas ainda não foram definidas.

Os organizadores tomam cuidado para não coincidirem com as vaquejadas realizadas em outras localidades da região. Também é preciso adequar os eventos à agenda das atrações musicais, porque vaquejada sem forró não é vaquejada. Neste fim de semana (29, 30 e 1º) tem VII Vaquejada do Parque Currais, em Ibicuitinga.

Zona Norte

No momento, há apenas duas vaquejadas na região da Zona Norte. A programação de competições inicia com a 4ª Vaquejada no Parque Vitória, em Tapúio, distrito de Cariré, na Fazenda Santa Rita, nos dias 7 e 8 de julho próximos, e os prêmios totalizam R$ 12 mil, uma cabeça de gado, e mais para o fim do mês a VI Vaquejada do Parque Rodrigo Rufino em Cariré, na Fazenda Riachão, nos dias 21 e 22 de julho de 2012, com premiação de R$ 5.000,00 tanto para as categorias profissionais quanto rara amadoras.

Cariri

Será realizada até hoje, entre os dias 28 e 1º julho, a 45ª edição da vaquejada de Missão Velha. O evento, que já virou tradição na cidade, costuma reunir turistas e competidores de vários Estados. Este ano, a festa será aberta com um concurso para a escolha da rainha da vaquejada.

Logo após acontecerá uma cavalgada, que deverá reunir mais de 500 vaqueiros e admiradores do esporte. As corridas serão abertas no dia 29, juntamente com a programação social. A vaquejada acontecerá no Parque Francisco Clemensor Cruz. Já os shows de artistas regionais irão ocorrer no Parque de Eventos O Pinheirão. A expectativa é que durante os quatro dias de festa, aproximadamente, 100 mil pessoas visitem o local. Para as corridas, estão sendo esperados mais 300 vaqueiros, que deverão disputar R$ 40 mil em premiações. O valor será dividido para as categorias profissional e amador. Entre os prêmios da competição está um carro 0 quilômetro. A entrada é gratuita.

Inhamuns

A vaquejada no Parque José Alves Lima, em Tauá, é uma das mais conhecidas da região e do Estado. Ocorre no último final de semana de julho, atraindo centenas de turistas e amantes do esporte para o Município. No período de 26 a 29 de julho inúmeros vaqueiros concorrerão a premiação em torno de R$ 50 mil, se apresentando para um público fiel, que aproveita as férias de julho para curtir o esporte e a cultura regional. Pega de boi, shows, serestas, a tradicional missa do vaqueiro e grandes disputas comporão a programação do evento.

Atrações como Forró Cutucado, Conexão do Forró, Toca do Vale, Forrozão Karkará, Arreio de Ouro e Forró Bota pra Moer se apresentarão nos dias da vaquejada. Haverá também vaquejada mirim, voltada para participantes na faixa etária 7 a 12 anos, com autorização dos pais ou responsáveis.

Itapebussu reúne festa e a tradição religiosa

Fortaleza. Contagem regressiva para a Vaquejada de Itapebussu, uma das maiores e mais tradicionais do Brasil. Faltam 84 dias para a festa que acontecerá no Parque Novilha de Prata, localizado no Distrito de Itapebussu, em Maranguape.

Em sua 67ª edição, a promoção se dará entre os dias 20 e 23 de setembro próximo, período dos festejos de São Miguel, o padroeiro do distrito. De forte tradição cultural e religiosidade, o povo vivencia ao mesmo tempo os festejos religiosos na Igreja da Matriz e a vaquejada. Um misto de procissão, oração, festa de gado, dançante e a vaquejada, ninguém fica de fora.

Já na quinta-feira do mês ocorre a tradicional cavalgada dos vaqueiros encourados, para pedir proteção ao Padroeiro São Miguel, que saem em procissão da Igreja Matriz de Itapebussu com destino à missa do vaqueiro, que ocorre no Santuário localizado no Parque de Vaquejada Novilha de Prata.

Após esse primeiro momento, ocorre a abertura oficial da festa que atinge seu ápice durante a queima de fogos. Na pista de competição (referência nacional), a Vaquejada Pé de Mourão dá-se como uma pequena mostra da grandiosidade do evento e da promoção do resgate das raízes dos vaqueiros.

Estima-se que cerca de 800 vaqueiros de quase metade dos Estados brasileiros participem da competição oficial, que encerra no domingo.

Atrações

Nos quatro dias de festa, Itapebussu se transforma como a capital do forró, onde as melhores atrações musicais apresentam-se para o grande público, estimado em até 100 mil em apenas duas noites de shows (sexta e sábado). Para esta edição, já foram contratadas as Bandas Aviões do Forró e Garota Safada, grandes nomes do segmento.

O Parque Novilha de Prata é reconhecido por eficiente estrutura, com arquibancadas para o público acompanhar as disputas, em locais adequados para os animais. Também dispõe de praça de alimentação, feiras, exposições, antenas de operadoras de telefonia móvel e sua pista é considerada uma das melhores do país com boa margem de segurança durante todo o evento.

Leilão

Em 2012, ocorrerá 2ª edição do Leilão Itapebussu Quarter Horse de cavalos da raça quarto de milha, de grande potencial genético para corrida, tambor e vaquejada, promovido pelo Haras Primavera e Ana Dantas Ranch.

Quando começou, em 1945, os vaqueiros chamavam-na de "Festa de Apartação", referindo-se à separação dos gados de cada fazenda, criados juntos por não haver cercas de arames para separá-los. Nessa época, não tinham ideia de que 67 anos depois essa festa seria reconhecida como um dos eventos mais importantes da cultura e do esporte nordestino no Brasil.

Distante cerca de 70km de Fortaleza, Itapebussu recebe gente de Norte a Sul do País, triplicando a população local nos quatro dias de festa que promove o turismo regional, aquece o comércio local, gerando muitos empregos diretos e indiretos.

SAIBA MAIS

Eventos - São realizadas mais de 1.000 vaquejadas anualmente em todo o País

Competidores - Entre os inscritos, são mais de 6.000 vaqueiros profissionais

Temporários - Os amadores somam mais de 10.000

Público - Público circulante mais de 6 milhões de pessoas anualmente

Financeiro - Movimentação financeira acima de meio bilhão de reais, anualmente

Empregos - Mais de 600 mil empregos diretos e indiretos, gerados anualmente.

Fonte: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE VAQUEJADAS.
Leia mais no Diário do Nordeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário