Radio

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Preso foragido ameaça explodir rádio e faz desabafo ao vivo


Após fuga de presos no município de Morada Nova, um dos foragidos ameaçou explodir uma rádio local, além de atirar em um radialista. Na ocasião, o homem que se dizia fugitivo telefonou para a Caiçara FM e pediu para entrar ao vivo durante a programação da rádio, o que aconteceu. Após realizar ameaças no ar, o preso fez um desabafo sobre o sistema carcerário.

Atendimento médico O assunto se voltou para os problemas de estrutura dos presídios, principalmente em relação ao atendimento médico. “A gente só faltava morrer de doente. Num vem uma viatura levar a gente para os hospitais. Todo mundo morrendo, gritando, batendo no portão e nenhuma viatura vem. Mas quando é para prender a gente no meio da rua, aparece bem 20”, enfatizou.

Segundo ele, seriam necessário enfermeiros e ambulâncias disponíveis para consultar os presidiários. “Para vir uma viatura, tem que fazer maior rebelião do mundo. E quando vem, ainda vem xingando os presos, a gente é ser humano! Tem gente que vai é morrer. Quando passa rádio para a polícia vir, eles estão sempre almoçando, jantando, passeando ou namorando. Esses policiais do Ronda [do Quarteirão] só servem para namorar nas praças”, ressaltou.

Renato Guimarães lia o plantão policial da Rádio Caiçara, em que constava os nomes dos presos foragidos daquele dia, quando atendeu ao telefonema.

Acompanhe o áudio clicando AQUI 

Fonte: Tribuna do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário