Radio

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Diretor de Cadeia Pública encontra drogas escondidas dentro de vassouras

Diretor de Cadeia Pública encontra drogas escondidas dentro de vassouras; Confira
Quase um mês após a prisão de uma dona-de-casa tentando adentrar a cadeia pública de Quixadá com um telefone celular dentro de um mamão, outra dona-de-casa e o irmão de um presidiário foram presos quando pretendiam entregar drogas aos detentos.

O diretor da unidade penitenciaria, Mário Sergio da Silva, encontrou 114 gramas de maconha, 75 gramas de cocaína 10 gramas em pedras de crack dentro de três cabos de vassoura.

Segundo o diretor da cadeia pública a dona-de-casa Dinete Ferreira de Sousa, 22 anos, foi flagrada com duas vassouras. Ela também levava produtos de limpeza para o presidiário Francisco de Assis Queiroz de França, conhecido por “Paquito”, preso por tráfico de drogas, com quem mantém uma relação amorosa.

A outra vassoura era levada pelo pescador Jocilanio da Silva Oliveira, 24 anos, para seu irmão, Jocileudo de Queiroz Cinézio, preso por furto. Ambos são de Banabuiú.

Ao serem presos, a dona-de-casa e o pescador alegaram que não se conheciam e não sabiam acerca das drogas escondidas dentro dos cabos de vassoura.

Apenas haviam recebido o material, juntamente com sabões e detergentes para entrega aos dois presidiários, que para o diretor da cadeia são apenas receptadores. Para ele os entorpecentes seriam destinados a outro detento. As drogas estavam escondidas dentro dos cabos de madeira. Os miolos haviam sido retirados e utilizados como depósitos.

@folhadosertao
com diariodonordeste ver mais folhadosertao.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário