http://picasion.com/
http://picasion.com/

Radio

sábado, 11 de julho de 2015

Consultor financeiro da prefeitura de Solonópole esclarecimento em reunião apeoc

Trabalhar a composição da jornada de trabalho entre planejamento e o contato direto com o aluno, e que tudo isso está definido na Lei do Piso. Apesar que agente tem que esclarecer pra todos que a questão da jornada em si dessa composição, ela não ficou definida quando o Suplemento Tribunal Federal julgou a Lei do Piso. Ficou definido para os entes federados, no caso, os municípios, ficou pra esse entendimento entre o magistério e a administração municipal. A jornada que se pratica hoje em Solonópole ela está dentro da Lei, 16 mais 4. É uma Lei Municipal e é ela que vale. Quando houve o acordo do STJ ficou colocado que não causaria efeito ergaomines, ou seja, pra todos, será apenas para estados que movera ação. Aqui exige o desejo do professor e o desejo da administração municipal em avançar, dá 16 mais 4, a administração municipal quer avançar que também é desejo do professor. Nós temos alguns problemas pra gente consiga avançar tem que haver colaboração de todos. Agente ver que esse ano a administração já vai gastar todo fundo do FUNDEB 96% com pessoal na área da educação, onde o FUNDEB vai representar 66% agente já considerando que a arrecadação prevista pelo FNDE previu. Mesmo assim 66% taria comprometido com o magistério e 30,1% com os demais profissionais o que daria 96%. Sendo assim dá pra avançar agora teríamos que fazer alguns ajuste, ..." Irineu Carvalho.   09-07-2015 quinta feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário