Radio

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Na capital Transtornos apesar da pouca chuva

Choveu cerca de 23 milímetros em Fortaleza, ontem. Porém, essa quantidade foi o suficiente para ocasionar alguns transtornos em ruas e avenidas. Além disso, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) registrou duas ocorrências.
Segundo a Funceme, choveu 23 milímetros até as 7 h e, ao longo do dia, quantidade foi diminuindo fOTO: J L ROSA.

Segundo o meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Raul Fritz, a chuva desta terça-feira pode ser considerada de pequena intensidade. "Até às 7h choveu esses 23 milímetros e ao longo do dia a quantidade foi diminuindo", comentou. Ele ressaltou que houve precipitações em outros 28 municípios do Estado. Desses, apenas quatro foram na região central e todo o restante no litoral. "No Centro do Ceará choveu em Quixeramobim, Pedra Branca, Solonópole e Piquet Carneiro. Mas as precipitações foram no máximo de cinco milímetros", afirma.

Conforme acrescenta, o fenômeno ocorreu devido a um sistema meteorológico secundário chamado de Cavado de Altos Níveis, responsável por ventos que favorecem o desenvolvimento de nuvens de chuva. Mas esse fenômeno, diz, não acontece com frequência no Ceará.

Raul Fritz explica, ainda, que esse sistema dura pouco tempo, e a tendência, agora, é que a pluviosidade diminua nas próximas 24 horas. Nesse período, as cidades do Centro norte do Ceará deverão ser as mais afetadas.

Ocorrências - A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil recebeu apenas dois chamados nesta terça-feira,14. Um deles foi um incêndio, no Centro da cidade, que foi atendido pelo Corpo de Bombeiros, e um risco de desabamento, no bairro Barroso, atendido pela própria Defesa Civil.
Leia também DiáriodoNordeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário