Radio

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Prefeitura de Milhã poderá fechar suas portas

O desmonte no Município de Milhã, no Sertão Central Cearense atinge os padrões máximo da irresponsabilidade da improbidade e fere todos os princípios do direito constitucional e administrativo.

O ex-gestor José Claudio Dias de Oliveira deixou o município totalmente sucateado com transporte sem funcionamento, as obras paralisadas e defasadas, apropriação de consignados previdenciários, etc.

Os funcionários atrasados, ausência total de material de limpeza e outros. Embora o trabalho intensivo da limpeza, a cidade ainda mergulha no lixo que toma conta da cidade.

Hoje, dia 10, o FPM (Fundo de Participação dos Municípios) em Milhã foi bloqueado pelas dividas do INSS. A Coelce só não cortou a energia do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) graças a uma medida judicial propostas pelos advogados do município  hoje, a Assessoria jurídica entrou com o mandato de segurança para evitar o corte de energia do Hospital, da secretaría de saúde, de educação e do prédio sede da prefeitura. Os carros-pipas querem parar suas atividades por motivo de falta de pagamentos já que o município se encontra totalmente descapitalizado.

Mediante todos esses obstáculos o prefeito municipal Otacílio José Pinheiro Macedo pensa seriamente em decretar o fechamento de toda máquina administrativa por 30 dias deixando a funcionar apenas os serviços essenciais.

4 comentários:

  1. A situação aqui em Milhã é precária. O ex-prefeito Cláudio Dias e alguns de seus secretariados acabaram com a nossa cidade.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente o destacamento encontra-se com a energia cortada !

    ResponderExcluir
  3. Espero que a nova gestão possa cuidar bem de Milhã, que mirem para a necessidade da cidade e das pessoas e ajam como quem foram eleitos para exercerem com maestria o governo que lhes foram confiados pelo o povo. Chega de sangue sugas do dinheiro público e que surja quem realmente governe com justiça e honestidade. Que Deus tenha misericórdia de Milhã e seus governantes.

    ResponderExcluir
  4. Espero que a nova gestão possa cuidar bem de Milhã, que mirem para a necessidade da cidade e das pessoas e ajam como quem foram eleitos para exercerem com maestria o governo que lhes foram confiados pelo o povo. Chega de sangue sugas do dinheiro público e que surja quem realmente governe com justiça e honestidade. Que Deus tenha misericórdia de Milhã e seus governantes.

    ResponderExcluir