http://picasion.com/
http://picasion.com/

Radio

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Policiais de Santana do Cariri trabalham a pé por falta de viatura

A sensação de medo e insegurança está dominando no município de Santana do Cariri, os 17 mil e 200 habitantes que residem na sede e na zona rural, estão apreensivos com o clima de insegurança que está sendo vivenciado pelos moradores, na cidade as famílias vivem intranquilas e não conseguem ter mais a paz que antes tinham.

Os comerciante Cícero de Salu, denuncia que os comerciantes estão sendo vitimas do medo e tem que viver refugiados em seus estabelecimentos comerciais, porque os assaltos estão sendo feitos em plena luz do dia, recentemente fui assaltado onde levaram 13 mil reais, eles chegaram colocaram o revólver em minha cabeça e pediram para que eu desse o dinheiro, ou caso contrário eles me matariam como o meu estabelecimento no momento do assalto, tinha várias pessoas temi pela vida delas então fiquei refém dos assaltantes, nós comerciantes estamos trabalhando intranquilos porque quando percebemos que vem gente de fora isto já nos assusta, nunca vivemos em uma situação como está aqui é um caos total, e o pior de tudo é que o governo do Estado, fechou os olhos para o problema.

A cidade, não conta atualmente se quer com uma cadeia publica, quando os detentos são pegues em flagrante tem que serem levados para os municípios de Nova Olinda ou Altaneira, ambos distante 13 kms de Santana do Cariri, ou encaminhado para o município do Crato, os boletins de ocorrência estão tendo que serem feitos na delegacia regional de policia civil em Crato, que fica distante 53 kms porque no município não faz mais, a reforma da cadeia publica está com suas obras paradas há mais de 3 anos, e como se isto não bastasse os policiais militares que fazem a segurança do município, estão sem viatura para trabalhar e andando a pé, o que aumenta ainda mais o clima de intranquilidade, tendo em vista que o município, possui uma área de 900 kms de extensão territorial e está totalmente descoberta, além de fazer divisa com o Estado do Pernambuco. (Amaury Alencar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário